Lana Del Rey: Diva nostálgica e conectada.

Escrito por Marcus Sousant. Publicado em Destaques do Site, SomPOP

Tags: , , , ,

Lana Del Rey

Publicado em 21 de dezembro de 2011 com Nenhum Comentário

Aberta sala de jogos e apostas de 2012: Lana Del Rey é uma das minhas!

Há algmas semanas estava na casa de minha grande amiga assistindo videos e me deparo com “Video Games”, que voz e quem era mesmo?

Hoje, por conta do incontestável poder das redes socias, a então desconhecia Elizabeth Grant, ou melhor, Lana Del Rey, está se tornando conhecida mundialmente desde o lançamento do vídeo para música “Video Games”, escrita pela cantora e colocada em seu site no YouTube já tem mais de 12,6 milhões de visualizações. Desses, mais de um milhão apenas na última semana.

O clipe mistura animações antigas com imagens recentes, mas com um ar retrô. O resultado é uma irresistível colagem pop.

Lana pode ter estourado de uma hora para a outra, mas está tentando achar um lugar ao sol há um tempinho. Em 2009, Lana – na época, assinava como Lizzy Grant – lançou o EP Kill Kill, um fracasso, mas isso é coisa do passado.

Na quarta-feira passada, caiu na internet, claro, o clipe de “Born to Die”, a primeira música de trabalho do homônimo álbum de estreia da artista, que será lançado dia 30 de janeiro.

Em três dias, o link chegou à marca de um milhão de visualizações. Antes de ter o clipe “vazado” por um site russo, ela alimentou as expectativas dos fãs com um teaser da faixa.

Se Lana vai saber surfar na onda e manter o sucesso, é impossível afirmar. Ela já assinou contrato com a gravadora Interscope, a mesma de Lady Gaga.

Bem, está aberta a temporada de apostas para fenômenos pop de 2012! Lana, por enquanto, é a rainha.

M.Sousant

Sobre Marcus Sousant

Navegar no Arquivo de Publicações de

Sem Comentários

Atualmente não há comentários em Lana Del Rey: Diva nostálgica e conectada.. Você gostaria de adicionar um comentário?

Deixe um Comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.